SOBRE

Ao conhecer os bastidores de um espetáculo, meu encantamento de criança transportou-se a uma nova dimensão. Descobri que o pipoqueiro transformava-se, como mágica, no palhaço amado pelas crianças; que o caixa também cospe fogo; que o vendedor de algodão doce, num lance heróico, aparecia lá do alto, pronto para cruzar a lona num trapézio voador; descobri, por fim, que cada circo é um espetáculo de vida por amor à arte, ao espetáculo.

 

Prêmio Sangue Novo de Jornalismo Paranaense (2015) / Primeiro lugar na categoria fotojornalismo no Intercom Sul (2015)