SOBRE

A paixão pelos espetáculos circenses é a principal motivação para a existência desta série. Desde a infância, carrego comigo uma grandiosa admiração pelas trupes que passavam por perto dos lugares em que cresci. As fotografias da série revelam, portanto, um registro do vínculo entre meu sentimento, de espectador, com o amor pelo picadeiro de cada artista que sobe ao palco e mantém o circo vivo.

Ao conhecer os bastidores de um espetáculo, o encantamento da criança transportou-se a uma nova dimensão. Descobri que o pipoqueiro transformava-se, como mágica, no palhaço amado pelas crianças; que o caixa também cospe fogo; que o vendedor de algodão doce, num lance heróico, aparecia lá do alto, pronto para cruzar a lona num trapézio voador; descobri, por fim, que cada circo é um espetáculo de vida por amor à arte, ao espetáculo.

 

Prêmio Sangue Novo de Jornalismo Paranaense (2015) / Primeiro lugar na categoria fotojornalismo no Intercom Sul (2015)